Visual Law: Tudo que você precisa saber para potencializar os serviços do seu escritório de advocacia

3 (14)

06/11/2022

Sumário

Diversos conceitos estão ganhando força e popularidade no mercado jurídico, já que o mesmo anda apresentando uma grande crescente em sua demanda na atualidade. Dentre os conceitos mais comentados e procurados, pode-se citar o Visual Law, o qual faz parte dos principais aspectos do Legal Design.

Como muitas pessoas, principalmente advogados, ainda possuem certas dúvidas sobre este tipo de design, o qual é extremamente importante para o mercado jurídico em si, nós da equipe EasyJur resolvemos separar e disponibilizar todas as informações sobre o assunto no artigo abaixo.

Mas afinal, o que é o Legal Design?

Antes de nos aprofundarmos no assunto e falarmos sobre Visual Law, é fundamental começarmos pelo básico, portanto, explicaremos com total clareza o significado e principais objetivos de Legal Design antes de tudo. Legal Design se trata de um termo que foi criado nos Estados Unidos e chegou no Brasil sem apresentar uma tradução.

Como o próprio nome indica, Legal Design se refere diretamente a uma modalidade de design que pode e deve ser aplicada nos escritórios de advocacia. Este design possui o objetivo de tornar todos os serviços e sistemas jurídicos mais focados nos seres humanos em si, potencializando a visão dos clientes em relação às ferramentas jurídicas.

Ou seja, o Legal Design pode ser resumido como um design que foca estritamente nos clientes, e assim, tenta mostrar para eles as principais vantagens e características de determinados produtos, serviços ou ferramentas jurídicas. 

Por exemplo, pense nos escritórios digitais que já conseguem trabalhar de forma completamente remota e na possibilidade de assinatura eletrônica. Estes dois pontos aumentam significativamente a praticidade e até mesmo diminuem os custos dos clientes ao contratar serviços jurídicos. Sendo assim, estes dois serviços são ilustrados através do design, os quais criam desenhos e ilustrações que auxiliam os clientes a entenderem as suas funcionalidades e vantagens.

E o que é o Visual Law?

Agora que você já sabe o conceito, definição e principais objetivos que o Legal Design possui, finalmente podemos nos aprofundar no conceito e objetivos do Visual Law, o qual faz parte dos aspectos que constituem o Legal Design.

Com certeza você já observou familiares, amigos ou até mesmo conhecidos reclamando da linguagem difícil que encontramos dentro da advocacia, correto? Este problema tende a atrapalhar pessoas em todo o mundo, e por conta disso, o Legal Design e a sua modalidade denominada como Visual Law foram desenvolvidos, tendo como foco principal a simplificação de toda a linguagem jurídica por meio de ilustrações. Muitos profissionais consideram o Visual Law como a junção perfeita entre a tecnologia, direito e o próprio design.

Esta modalidade do Legal Design apresenta uma grande diversidade de pontos fortes, caracteristicas únicas e vantagens, como por exemplo:

  • Facilita a transmissão de informações jurídicas;
  • Permite com que os clientes leiam os documentos jurídicos com maior facilidade;
  • Auxilia na compreensão de todos os tipos de informações;
  • Entre outros.

Tipos de ilustrações do Visual Law

Existem diversas maneiras de se aplicar o design, e como o Visual Law também pode ser definido como um tipo de design, você já deve ter imaginado que tal conceito também se aplica à ele. Na grande maioria dos casos, os escritórios de advocacia visam utilizar o Visual Law através de ícones, animações, vídeos, Infográficos, fluxogramas, tipografia, recursos de gamificação ou storyboards. 

Para complementar ainda mais, e assim, obter um resultado completo em relação ao design, também podem ser utilizados outros conceitos deste mundo, como o contraste, o ritmo, a teoria da cor, a hierarquia, entre diversos outros que buscam potencializar os designs.

Como aplicar esta ferramenta no seu escritório de advocacia

Diferentemente de outras ferramentas e conceitos presentes no mercado jurídico na atualidade, o Visual Law pode ser considerado como algo fácil de ser investido, já que na maioria das vezes, o escritório deverá contratar um profissional (ou equipe, variando de acordo com o tamanho e objetivos do escritório), que irá focar estritamente na produção dos designs. 

Outra alternativa é contratar uma boa solução tecnológica, como o software EasyJur, que mostra alguns caminhos que podem ser seguidos para oferecer determinados conteúdos para os clientes, como o próprio Visual Law, entretanto, para esta opção, é necessário o estudo aprofundado sobre este design por parte dos advogados.

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias
Você também pode gostar
25/11/2022