Tudo que você precisa saber sobre o habeas corpus para manter o seu direito de liberdade de locomoção!

3 (16)

25/11/2022

Sumário

Pode-se dizer que diversos assuntos da área de direito e legislação estão ganhando uma maior atenção nos últimos anos, como por exemplo, o habeas corpus, que se trata de uma alternativa para garantir e defender a liberdade de locomoção de todos os indivíduos que se encontram ameaçados injustamente de alguma maneira.

Contudo, mesmo sendo uma alternativa extremamente importante e que está crescendo a cada dia, podemos dizer que ainda existem muitas pessoas que desconhecem o seu conceito, definição, importância, funcionamento e até mesmo seus pontos positivos e vantagens, algo que deve ser mudado o mais breve possível.

Pensando nisso, nós da equipe EasyJur resolvemos separar e disponibilizar todas as informações referentes ao habeas corpus no artigo a seguir, sendo assim, tente se atentar ao máximo no mesmo, pois ele com certeza lhe ajudará a garantir o seu direito de liberdade de locomoção.

Mas do que se trata o habeas corpus?

O habeas corpus, também conhecido pela sigla HC, se trata de uma medida judicial, a qual possui o objetivo de garantir o direito de liberdade de locomoção de todos os indivíduos, possibilitando que os mesmos possam ir e vir com total segurança, visando principalmente as situações em que estes indivíduos estejam ameaçados ou restringidos por conta do abuso de poder ou de ilegalidades.

Como você já deve saber, a Constituição Federal Brasileira de 1988 é formada por inúmeros direitos e garantias fundamentais, e assim, pode-se dizer que o habeas corpus faz parte de tais garantias. Entretanto, vale dizer que o HC não foi desenvolvido nesta Constituição, já que o mesmo já fazia parte do ordenamento jurídico brasileiro há muitos anos antes de 1988.

Conheça as situações em que a liberdade de lomocoção poderá ser considerada ilegal

Todos possuem a liberdade de locomoção, isso é um fato, e como citado, o principal objetivo do habeas corpus é proteger tal liberdade quando a mesma se encontra ameaçada por ilegalidades ou situações injustas, como por exemplo:

  • Quando o indivíduo permanecer preso por mais tempo do que a lei determina;
  • Quando a coação é ordenada por um indivíduo que não possui competência o suficiente;
  • Quando não houver justa causa;
  • quando quem ordenar a coação não tiver competência para fazê-lo;
  • Quando não for alguém admitido a prestar fiança, nos casos em que a lei a autoriza;
  • Quando extinta a punibilidade;
  • Quando o processo for manifestamente nulo.

Quais são os tipos de habeas corpus?

Outro ponto que costuma ocasionar no desenvolvimento de inúmeras dúvidas e questionamentos sobre o HC são os seus tipos, já que existe o habeas corpus preventivo e o repressivo, diferenciado as suas utilizações e objetivos.

Habeas Corpus Preventivo

O habeas corpus preventivo costuma ser utilizado quando o indivíduo possui ameaças apenas ao seu direito de liberdade de locomoção, e nenhuma outra a mais. Tendo isso em mente, lembre-se que qualquer pessoa que sentir que a sua liberdade de locomoção está sendo ameaçada de forma injusta poderá entrar em contato com um habeas corpus.

Habeas Corpus Repressivo

Por outro lado, o habeas corpus repressivo é utilizado em situações de liberação, ou seja, em situações em que o indivíduo não teve apenas a ameaça contra a sua liberdade de locomoção, mas também que já foi devidamente apreendido ou preso de forma injusta. Assim, o habeas corpus entrará em julgamento, e caso o juiz perceba a ilegalidade ou injustiça, o indivíduo será liberado, ganhando novamente a sua liberdade.

E quando o habeas corpus não pode ser utilizado?

Vale lembrar que o habeas corpus serve para defender o direito de liberdade de locomoção de todos os indivíduos brasileiros, entretanto, somente quando tal direito está sendo ameaçado por injustiças. Sendo assim, há algumas situações em que o HC não pode ser utilizado, como por exemplo:

  • Quando já extinta a pena privativa de liberdade;
  • Para impugnar decisão do STF;
  • Para se pleitear o direito a visitas íntimas;
  • Para discutir o mérito de punições disciplinares militares;
  • Contra a imposição de pena de exclusão de militar ou de perda de patente ou função pública;
  • Contra decisão condenatória a pena de multa;
  • Para impugnar determinação de suspensão dos direitos políticos;
  • Entre inúmeros outros.

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias
Você também pode gostar
25/11/2022