Pedido e decisão liminar: Tudo que você precisa saber para compreender o termo liminar!

1 (15)

21/01/2023

Sumário

Se você possui algum interesse sobre o mundo ou mercado jurídico, de certo já deve ter notado que o termo liminar está cada vez mais presente e sendo mais utilizado a cada dia que passa, porém, ainda existem muitas pessoas que apresentam certas dúvidas em relação ao termo, e por isso, nós da equipe EasyJur separamos todas as principais informações referentes ao assunto no artigo abaixo.

O que significa o termo liminar ?

Antes de tudo, devemos adiantar que o termo “liminar” é utilizado em distintas situações dentro do mundo e mercado jurídicos, mas principalmente para se referir aos pedidos e decisões liminares. 

Por conta disso, se você realmente deseja compreender as principais características e todas as demais informações que envolvem o termo, é fundamental que você saiba o conceito de um pedido e de uma decisão de liminar, já que assim, você conseguirá desenvolver uma ampla e sólida base de conhecimentos sobre o assunto, e consequentemente poderá se aprofundar no mesmo. Por conta disso, começaremos o artigo explicando tais conceitos.

Vale dizer que, quando apresentada em um contexto solo, o termo liminar acaba se referindo a todas e quaisquer decisões que são ou foram tomadas logo no início de um litígio.

Mas afinal, o que é um pedido de liminar?

De maneira geral, o pedido de liminar se trata de um pedido feita diretamente ao Magistrado, onde uma das partes de um litígio, ou seja, de um conflito ou processo, faz tal pedido com o objetivo de conseguir adquirir determinado direito ou para poder realizar determinada ação antes mesmo que os trâmites comuns aconteçam.

Por conta disso o pedido de liminar é tratado com total urgência, já que na realidade, ele possui certa urgência sim em relação a agilidade que deve ser aprovado ou não, já que a parte que requereu tal pedido não possui um prazo que ultrapasse o tempo limite do processo que já foi iniciado para que o pedido seja aprovado, e assim, os direitos sejam entregues ou a ação possa ser realizada.

 

11
11

Não podemos esquecer que um pedido de liminar deve conter algum envolvimento, relação e fundamentação jurídica, para que assim, o próprio Magistrado perceba que tal pedido realmente se trata de algo urgente, ou que pelo menos o pedido faz algum sentido e que faz parte dos direitos da parte que requer.

E que é uma decisão liminar?

Por outro lado, a decisão liminar  é dada pelo próprio juiz de acordo com o recebimento de um pedido de alguma das partes de um litígio, o qual reconhece que tal pedido tem o caráter de urgência e realmente apresenta uma fundamentação ou relação jurídica, ou seja, que faz sentido tal pedido.

Vale dizer que, a decisão liminar  sempre será provisória, já que ela não apresenta efeitos de decisão final dentro do litígio, já que a mesma não tem o poder de acabar com o processo em si, e também não significa que a parte que requereu o pedido liminar acabará ganhando o processo.

Lembre-se que este pedido e esta decisão são apenas uma alternativa que as partes de um processo possuem para garantir que algum ato ou direito será entregue, nada mais e nada menos que isso. Se você notar, o pedido e a decisão liminar fazem parte do mesmo contexto, certo? Por conta disso, se tornam bem mais simples de se entender.

Lembre-se que um pedido liminar pode terminar como indeferido

Assim como qualquer outro pedido, é necessário lembrar que o pedido de liminar  pode ser indeferido, ou seja, durante a decisão liminar, se foi julgado que o caráter de urgência do pedido não foi o suficiente, ou que o mesmo não apresenta fundamentação jurídica, e por isso, tal pedido não será encaminhado diretamente para um juiz, e infelizmente, há a possibilidade do mesmo ser indeferido.

De primeira mão, o pedido será enviado ao Magistrado que é responsável por aquele litígio, e caso aconteça o que foi citado acima, ou seja, o mesmo julgue que a fundamentação jurídica apresentada no pedido não sustenta o mesmo, ou que o pedido não tem grande urgência, ele pode acabar recebendo o status de indeferindo, e consequentemente, o pedido não irá garantir nenhum direito provisório. Com isso, pode-se afirmar que você já sabe de tudo que diz respeito ao termo liminar.

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias
Você também pode gostar
03/02/2023