Crimes cibernéticos: Tudo que você precisa saber para evitar cair em golpes e sofrer com estes crimes na internet!

222

22/01/2023

Sumário

Com o grande avanço da internet e da tecnologia, os crimes cibernéticos acabaram ganhando uma maior popularidade, a qual se mostra cada vez mais interessada em aprender sobre os mesmos, e consequentemente, se proteger. Pensando nisso, nós da equipe EasyJur resolvemos separar e disponibilizar todas as principais informações referentes a estes crimes no artigo a seguir.

Mas afinal, o que são os crimes cibernéticos?

Pode-se dizer que os crimes cibernéticos, também denominados e conhecidos como cibercrimes dentro do Brasil, são todas e quaisquer atividades ilícitas, as quais são praticadas em meio a internet. Para isso, é necessário utilizar dispositivos eletrônicos, como por exemplo, computadores, aparelhos celulares, tablets, notebooks, entre outros.

 

Para quem não sabe, os crimes cibernéticos existem há mais de duas décadas, tendo em vista que o primeiro registro deste tipo de crime foi marcado durante o final do século passado, o qual ocorreu durante um encontro dos líderes dos outros países mais ricos do mundo.

 

Existem inúmeros tipos de crimes, os quais você irá conhecer de maneira mais ampla ainda neste artigo, porém, por agora, podemos dizer que as práticas que envolvem de alguma maneira os crimes cibernéticos costumam ser relacionadas com disseminação de vírus, algo que acontece por meio do envio de e-mails maliciosos e mal intencionados, por meio de invasões de sistemas operacionais, por meio de ataques de bots, entre inúmeros outros. 

 

Por meio destes ataques e crimes, os infratores conseguem roubar dados e informações privadas e confidenciais, as quais podem causar inúmeras consequências em mãos erradas, como por exemplo: aplicação de golpes, roubos reais, entre outros. Por conta da gravidade destes problemas, os quais não chegam nem perto de mostrar todos os problemas que estes crimes podem causar, os mesmos estão ganhando uma maior atenção na atualidade, levando até mesmo a serem desenvolvidas leis, normas e regras para controlar e evitar os crimes cibernéticos, como por exemplo, a própria LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados).

Conheça as leis brasileiras que visam os crimes cibernéticos

Vale dizer que os crimes cibernéticos não são um problema presente somente no Brasil, mas sim em todo o mundo, e por conta disso, todos os países devem apresentar leis e normas que visam impedir com que estes crimes sejam cometidos, ou para pelo menos penalizar os indivíduos que cometem-os.

22 (2)
22 (2)

 

Infelizmente, o Brasil demorou muito para desenvolver uma legislação voltada para estes crimes, já que tal legislação entrou em vigor somente em 2012, ano em que a internet e a tecnologia no geral já se encontravam em um pico de desenvolvimento. Porém, é um fato de que tal legislação ajuda a nos proteger em meio a internet, mesmo na atualidade, 10 anos após a sua criação.

 

Essa lei é conhecida nacionalmente como Lei Carolina Dieckmann, e recebeu este nome por conta da atriz Carolina Dieckmann, a qual teve exatamente 36 fotos íntimas vazadas em meio a internet. Tal lei faz parte do nosso Código Penal, demarcada pelo número 12.737/2012.

 

Esta lei diz que todos os indivíduos que invadiram dispositivos eletrônicos, como celulares, computadores e os demais existentes, ou até mesmo que abastecerem programas com algum tipo de ato de violação de dados, e assim, divulgar, negociar ou transmitir de alguma maneira tais dados, serão considerados como criminosos, e consequentemente, penalizados. Para quem não sabe, estas penalizações podem variar de três meses e a 2 anos de prisão, além das multas.

 

Além da lei citada acima, também não podemos esquecer das seguintes leis que também lidam com crimes cibernéticos: Lei Nº 12.735/2012 e Lei Nº 12.965/2014.

Conheça os diferentes tipos de crimes cibernéticos

Para finalizar com chave de ouro, resolvemos separar e mostrar os diferentes tipos de crimes cibernéticos que existem na atualidade, sendo eles:

  • Ataques DDoS;
  • Phishing;
  • Kits De Exploits;
  • Ransomware;
  • Bullying Virtual.

Com isso, finalmente podemos afirmar que você já sabe de tudo que diz respeito a crimes cibernéticos. Lembre-se de desenvolver boas práticas em meio a internet, como o desenvolvimento de senhas fortes e uma maior cautela para clicar em e-mails e links, para que assim, você não acabe se tornando uma vítima desses crimes.

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais

teste de 14 dias
Você também pode gostar
03/02/2023