logo easyjur azul

Blog

Pro bono advocacia

Agravo de Instrumento: Tudo que você precisa saber sobre este recurso!

Picture of Por Danielle Fontoura

Por Danielle Fontoura

Menu do Conteúdo

A legislação brasileira é composta por inúmeros recursos, os quais possuem o objetivo de garantir alguns direitos para os brasileiros em determinadas situações que podem se tornar realidade durante processos jurídicos. Dentre os processos mais populares e conhecidos dentro do Brasil, podemos citar o agravo de instrumento, o qual possui uma grande importância, mas infelizmente, ainda é uma fonte de muitas dúvidas e questionamentos.

Pensando nessas dúvidas, nós da equipe EasyJur resolvemos separar e disponibilizar todas as principais informações referentes ao agravo de instrumento no artigo a seguir, além de dar um foco especial para as mudanças que o Novo CPC trouxe, as quais são de grande importância

Mas afinal, o que é o agravo de instrumento?

Pode-se definir o agravo de instrumento como um recurso jurídico, o qual pode ser utilizado para confrontar decisões interlocutórias dentro de algum processo judicial, algo que pode ser usufruído pela parte que venceu tal agravo. Ou seja, de forma resumida, o agravo de instrumento se trata de um pedido para ser feito a reanálise de determinadas decisões tomadas pelo juiz de um caso no meio do processo.

Este agravo pode ser solicitado em distintas situações e casos, entretanto, é mais comum observar a sua solicitação em casos que envolvem tutela provisória e até mesmo a admissão de terceiros.

Decisões interlocutórias

Não podemos nos aprofundar no tema de agravo de instrumento, sem falarmos um pouco mais sobre as decisões interlocutórias, já que as mesmas possuem uma importância extrema, mas ainda assim, grande parte da população brasileira nunca ouviu falar sobre elas.

Pode-se dizer que essas decisões possuem impactos extremamente relevantes na resolução de um processo jurídico, e ainda podem causar grandes prejuízos à parte  que perdeu o caso, piorando ainda mais a sua situação, e por isso, deve-se realizar análises extensivas, em busca da melhor estratégia possível para aquele caso em específico. Sabendo de tais pontos, de certo você já deve ter notado a grande importância que o agravo de instrumento possui, certo?

Agravo de Instrumento: Tudo que você precisa saber
Agravo de Instrumento

Como funciona o agravo de instrumento?

O funcionamento do agravo de instrumento é um pouco mais complicado de ser entendido, e por isso, resolvemos fazer tal explicação utilizando um exemplo prático. Bom, imagine que um casal decidiu se separar, e com isso, iniciaram um processo judicial para decidirem quem ficará com a guarda do filho.

Neste processo o juiz concedeu a guarda provisória para o pai, e assim, a mãe ficou com o direito de visitação somente aos fins de semana. Entretanto, a mãe não ficou nada satisfeita com este resultado, e assim, entrou com o agravo de instrumento, com o objetivo de utilizar este recurso para obter a guarda de seu filho.

Com este recurso, a mãe alegou que o pai não teria condições e nem tempo para cuidar do filho da melhor maneira possível, e assim, pediu que o juiz analisasse novamente o caso. Com este pedido, o juiz percebeu que a melhor alternativa era a guarda compartilhada, até que sejam comprovadas todas as evidências do processo, para assim, acontecer a deliberação final.

Com isso, você deve ter notado que o agravo de instrumento é uma alternativa de evitar que uma das partes saia prejudicada de um processo, algo que poderia ser irreversível sem o agravo.

Conheça as mudanças que o Novo CPC trouxe para o agravo de instrumento

O novo CPC se tornou um dos assuntos mais comentados em todo território brasileiro, já que o mesmo trouxe inúmeras mudanças para toda a legislação brasileira. Dentre as principais mudanças que podem ser observadas, algumas são referentes ao próprio agravo de instrumento, as quais você deve entender, para assim, ficar completamente por dentro das principais características deste agravo. As principais mudanças foram:

  • Extinção do agravo retido;
  • Criação e desenvolvimento do artigo 1.015, o qual determina uma lista de situações em que o agravo de instrumento é cabível;
  • Criação e desenvolvimento do artigo 1.017, o qual determina os documentos necessários para entrar com o recurso;
  • Entre outros.

Com isso, finalmente podemos afirmar que você já está por dentro das principais informações que envolvem o agravo de instrumento, inclusive as informações mais recentes, no caso, as que fazem parte das mudanças estabelecidas pelo Novo CPC.

Agravo de Instrumento: Tudo que você precisa saber
Agravo de Instrumento

Nosso Compromisso com o seu sucesso

Pessoas

Conectamos advogados, simplificamos processos e impulsionamos a transformação digital

Processos

Com metodologia ágil, simplificamos a gestão e fortalecemos a justiça, gerando resultados exponenciais

Tecnologia

Automatizamos tarefas, impulsionamos a eficiência e oferecemos soluções inovadoras

pri vini easyjur

Planos Easyjur

O plano perfeito para você!

Solução completa para tornar sua Advocacia mais ágil e lucrativa

Growth Plus

Para grandes escritórios avançado
pague no cartão de crédito e ganhe até R$1.500 em cashback

R$

2799

/mês
200GB Docs em Nuvem
4.000 Processos Monitorados
05 Advogados Intimações
30 Usuários Inclusos
200.000 Tokens Juris.ai
20.000 Tokens Análise de Prazos e Elaboração de Propostas com IA
Conta Digital Grátis
TUDO DO GROWTH +
Suporte VIP
Editor Legal Design
Relatórios Avançados
Acesso para clientes ilimitado
Peticionamento Automático (em breve)
SmartDocs.ai Copilot (em breve)

Growth

Para médios escritórios em crescimento
pague no cartão de crédito e ganhe até R$1.000 em cashback

R$

1699

/mês
80GB Docs em Nuvem
2000 Processos Monitorados
03 Advogados Intimações
15 Usuários Inclusos
100.000 Tokens Juris.ai
8.000 Tokens Análise de Prazos e Elaboração de Propostas com IA
Conta Digital Grátis
TUDO DO STANDARD +
Legal Analytics Tool
Cálculos Monetários
Cobranças Personalizadas
Automação de Faturamento
Campos Personalizados
500 Acessos para clientes
EasyJur.ai Copilot (em breve)

Standard

Para médios escritórios
pague no cartão de crédito e ganhe até R$700 em cashback

R$

599

/mês
40GB Docs em Nuvem
800 Processos Monitorados
02 Advogados Intimações
10 Usuários Inclusos
50.000 Tokens Juris.ai
5.000 Tokens Análise de Prazos e Elaboração de Propostas com IA
Conta Digital Grátis
TUDO DO PREMIUM +
Workflow de Tarefas Ágil
Gamificação de Atividades
TimeSheet Dinâmico
Controle Orçamentário
Gestão Estratégica
200 Acessos para clientes
Assinatura Digital (em breve)

Premium

Pequenos Escritórios
pague no cartão de crédito e ganhe até R$500 em cashback

R$

389

/mês
30GB Docs em Nuvem
300 Processos Monitorados
01 Advogado Intimações
05 Usuários Inclusos
20.000 Tokens Juris.ai
3.000 Tokens Análise de Prazos e Elaboração de Propostas com IA
Conta Digital Grátis
TUDO DO START +
Gestão Financeira
Automação de Documentos
Demandas Consultivas
LCRM e Gerador de Propostas
100 Acessos para clientes
*Website Integrado Legal CRM
Captação de clientes com Google Ads (em breve)

Start

Advogados solo
pague no cartão de crédito e ganhe até R$300 em cashback

R$

129

/mês
5GB Docs em Nuvem
100 processos monitorados
01 Advogado Intimações
02 Usuários Inclusos
5.000 Tokens Juris.ai
1.000 Tokens Análise de Prazos com IA
Jurisprudências Integradas
Processos Ilimitados
Dashboard
Juris.ai
Agenda
Pessoas
Processos e Casos
Movimentações
Categorias
Materiais Gratuitos