logo mes do consumidor

30% OFF nos planos

+ 20% OFF na implantação estratégica

Para aproveitar o ÚNICO SOFTWARE JURÍDICO com IA de verdade

Blog

imagem para artigo (4)

O Fim do Advogado no Brasil

Por Vinicius Marques

Por Vinicius Marques

A Era da Inteligência Artificial no Direito, o mundo jurídico vai mudar mais nos próximos 20 anos do que nos próximos 200 anos

No mundo jurídico contemporâneo, a inovação tecnológica tem sido um catalisador de mudanças significativas, com a inteligência artificial (IA) no centro desse processo de transformação  na forma como o direito é praticado, estudado e evolui. Um estudo comparativo recente entre grandes modelos de linguagem, como o GPT, e advogados profissionais lança luz sobre o potencial e os desafios da integração da IA na prática jurídica. Este artigo explora como a plataforma de inteligência artificial EasyJur se encaixa nesse cenário, oferecendo aos advogados brasileiros a oportunidade de crescimento na carreira e aprimoramento dos resultados em seus escritórios de advocacia.

A emergência da IA Gerativa e dos Modelos de Linguagem Grande (LLMs) tem, em particular, apresentado oportunidades únicas e desafios inéditos para a prática jurídica, oferecendo novas perspectivas sobre a automatização e aprimoramento de processos que tradicionalmente exigem elevada expertise humana. O cenário atual da pesquisa, contudo, revela uma lacuna notável em estudos dedicados a explorar, de forma aprofundada, o potencial e as limitações dos LLMs no contexto jurídico, especialmente no que tange à sua habilidade de navegar na complexidade da aplicação de AI na prática do dia a dia e tangibilizar seu impacto nos resultados como aumento de eficiência e redução de custos com atividades de advogado júnior por exemplo.

Essa lacuna não apenas limita a compreensão das capacidades reais da IA em contextos jurídicos complexos, mas também retarda a adoção bem sucedida de tais tecnologias por profissionais do direito no Brasil, que permanecem cautelosos quanto à confiabilidade e eficácia dessas ferramentas avançadas, principalmente em questões temporais e casos concretos como pesquisa de jurisprudências e utilização de teses aderentes ao contexto atual do ordenamento jurídico brasileiro.

Neste cenário, a presente pesquisa se propõe a preencher esse vazio, embarcando em uma jornada exploratória e experimental que visa tangibilizar o desempenho dos LLMs em tarefas jurídicas específicas, comparando suas capacidades diretamente com as de profissionais jurídicos humanos. Ao focalizar em tarefas de alto volume, que comumente são delegadas a estagiários, paralegais, advogados juniores ou até mesmo para advogados seniores que possuem uma relação custo/hora homem muito mais relevante na folha de pagamento do escritório de advocacia, a pesquisa busca elucidar se os LLMs podem oferecer uma alternativa viável, capaz de igualar ou até superar os níveis de qualidade, precisão e eficiência tradicionalmente associados ao trabalho jurídico humano.

Este estudo não apenas promete contribuir significativamente para o corpo acadêmico existente sobre IA no Direito, mas também oferece insights práticos que podem guiar a integração responsável e estratégica de tecnologias de IA em práticas jurídicas. Ao explorar o potencial dos LLMs para realizar tarefas jurídicas comuns, esta pesquisa visa também estimular um debate mais amplo sobre o futuro da produção jurídica, a ética da automação no Direito e o papel dos advogados em uma era cada vez mais digitalizada.

Portanto, a investigação se posiciona como um passo relevante na direção de um entendimento mais aprofundado e matizado das interseções entre IA e Direito, buscando não apenas mapear as capacidades atuais dos LLMs, mas também antecipar as trajetórias futuras dessa relação simbiótica. Ao fazer isso, espera-se lançar luz sobre como essas tecnologias disruptivas podem ser melhor aproveitadas para fortalecer a prática jurídica e mudar definitivamente o status quo da forma de advogar na história, ao mesmo tempo em que se preserva a integridade e os valores fundamentais do sistema legal. À medida que o mundo se torna cada vez mais digitalizado, os gestores e sócios de escritórios de advocacia enfrentam o desafio de se adaptar às novas realidades do mercado jurídico. A adoção de tecnologias inovadoras não é mais uma opção, mas uma necessidade para manter a competitividade e atender às expectativas crescentes de clientes que buscam serviços jurídicos rápidos, eficientes e personalizados. Nesse contexto, a EasyJur surge como uma ferramenta poderosa, capaz de transformar a prática jurídica ao automatizar tarefas rotineiras, otimizar a gestão de processos e proporcionar análises profundas para uma tomada de decisão estratégica mais assertiva.

O estudo comparativo evidencia a superioridade da IA em diversas tarefas jurídicas, incluindo a análise e o resumo de casos, pesquisa de jurisprudência e legislação, e a análise e preparação de documentos legais. Embora a tecnologia ainda não substitua o julgamento humano e a experiência adquirida pelos profissionais ao longo dos anos, ela serve como um complemento valioso, aumentando a eficiência e permitindo que os advogados se concentrem em aspectos mais estratégicos e personalizados do atendimento ao cliente.

A integração da IA conversacional do EasyJur com as bases de informações dos clientes e a carteira de processos dos escritórios de advocacia representa um avanço significativo. Criando um assistente pessoal inteligente, o EasyJur permite uma economia de tempo substancial, reduzindo em até 40% a necessidade de advogados seniores dedicarem-se a tarefas manuais e repetitivas. Este tempo liberado pode ser reinvestido em atividades que agregam maior valor ao cliente e ao escritório, como o desenvolvimento de estratégias jurídicas complexas, a personalização do atendimento ao cliente e a expansão da base de clientes do escritório, conheça o Juris.ai e as demais inteligências artificiais do easyjur, clique aqui.

jurisIA
jurisIA

Além disso, a capacidade do EasyJur de fornecer análises detalhadas sobre a rentabilidade de cada cliente e de gerar relatórios personalizados oferece aos sócios e donos de escritórios insights valiosos para a tomada de decisões estratégicas. Essas informações podem guiar a alocação de recursos, a definição de prioridades e a otimização de processos internos, contribuindo para uma gestão mais eficaz e para o crescimento sustentável do escritório.

A Era da Inteligência Artificial no Direito, o mundo jurídico vai mudar mais nos próximos 20 anos do que nos próximos 200 anos!

Veja um caso real de aplicação de LLM para pesquisa jurídica:

jurisIA

O Estudo: GPTs vs. Advogados

A pesquisa destacou a capacidade impressionante dos modelos de linguagem, como o GPT, de executar tarefas jurídicas com uma eficácia que, em muitos casos, rivaliza ou até supera a de seus colegas humanos, especialmente em tarefas de menor complexidade. Isso inclui a geração de documentos, a análise preliminar de casos e a pesquisa de precedentes. Essa eficiência não apenas aponta para uma redução significativa no tempo e nos recursos despendidos em atividades rotineiras, mas também libera os profissionais jurídicos para se concentrarem em tarefas que exigem um nível superior de raciocínio jurídico e interação humana, áreas onde a supremacia do advogado permanece incontestável.

O estudo também observou uma tendência crescente na adoção de soluções baseadas em IA, com metade dos entrevistados indicando planos para aumentar seus investimentos em tecnologia. Este é um indicativo claro da crescente consciência dentro do setor jurídico sobre a importância da eficiência operacional e da inovação como diferenciadores competitivos.

 

Especificamente, nos concentramos em três questões primárias de pesquisa:

  1. LLMs superam advogados terceirizados, advogados Juniores e Seniores na análise de contratos? 
    • Esta pergunta tem como objetivo avaliar a precisão,  identificação de riscos por assistentes de inteligência artificial baseados em LLMs em comparação com profissionais humanos.
  2. LLMs podem revisar contratos mais rapidamente do que advogados?
    • Nesta questão, o foco é avaliar a eficiência (medida em uma perspectiva temporal) dos LLMs no processamento e resposta a consultas legais em comparação com o tempo gasto por advogados humanos.
  3. LLMs podem revisar contratos mais baratos do que advogados?
    • Esta questão se concentra em avaliar os custos comparativos entre advogados e assistentes de IA para determinar se os LLMs possuem uma relação de custos versus benefícios maior que profissionais humanos.
  4. LLMs superam advogados Juniores e Seniores no raciocínio jurídico?
    • Nesta questão, exploraremos avanços diretos e também indiretos sobre a aplicação da Compreensão de Linguagem Natural (NLU) e da Geração de Linguagem Natural (NLG) no domínio jurídico, dando prioridade às abordagens de IA generativa.

O Estudo: GPTs vs. Advogados

Resultados da Pesquisa

A pesquisa explorou a precisão de diferentes Modelos de Linguagem Grande (LLMs), como o GPT4-1106, e sua comparação com o desempenho de Advogados Juniores e Advogados Terceirizados. Focamos em avaliar a capacidade desses LLMs e profissionais humanos em identificar e classificar questões jurídicas em contratos, usando as análises de Advogados Seniores como padrão de referência.

Abordagem ética da pesquisa
Ao empregar o quadro Issue, Rule, Application, Conclusion (IRAC), que é um método amplamente utilizado para organizar a análise jurídica, os autores iniciaram um projeto colaborativo destinado a desenvolver um benchmark abrangente e de código aberto, especialmente sobre questões jurídicas em ambientes administrativos e transacionais. No entanto, o principal objetivo do Legal Bench não é substituir os profissionais do direito por sistemas computacionais, mas avaliar até que ponto os modelos atuais podem apoiar e aumentar o raciocínio jurídico, pois a pesquisa seguiu os padrões éticos definidos pela Onit Inc, que abrangeram a coleta, análise e envolvimento dos participantes na realização de pesquisas primárias e secundárias. 

Este estudo aborda meticulosamente as práticas éticas e de privacidade ao avaliar a aplicação de Inteligência Artificial (IA) no domínio jurídico. Os participantes foram completamente informados sobre os objetivos da pesquisa, o uso dos dados coletados e seus direitos, incluindo a opção de retirada a qualquer momento. Para assegurar a privacidade e o anonimato, todas as informações identificáveis foram removidas dos dados coletados, e os dados contratuais analisados foram anonimizados para eliminar quaisquer detalhes que pudessem revelar a identidade das partes envolvidas. Adicionalmente, foi implementada uma supervisão ética rigorosa, com a participação de um comitê de ética para auditar o processo de pesquisa e garantir a conformidade com as leis de privacidade e proteção de dados, assegurando assim o cumprimento das normas éticas e legais.

A análise revelou que tanto os LLMs, especificamente o GPT4-1106, quanto os Advogados demonstraram alto desempenho, alcançando um F-score de 0,87, o que indica uma precisão e confiabilidade notáveis na identificação de questões legais. Advogados Juniores apresentaram um desempenho ligeiramente inferior, com um F-score de 0,86, sugerindo que, embora muito competentes, eles ficam um pouco atrás dos LLMs mais avançados nesta tarefa específica. Outros modelos, como o Claude 2.0 e o GPT4-32k, também tiveram um bom desempenho, com F-scores de 0,82, enquanto modelos anteriores como o GPT3.5 e o Palm2 text-bison registraram pontuações de precisão inferiores.

Esses resultados indicam uma convergência notável entre as capacidades dos LLMs avançados e dos profissionais jurídicos humanos em tarefas de alto volume, ressaltando o potencial dos LLMs como ferramentas valiosas para aumentar a eficiência e precisão na prática jurídica.

Resultado da pesquisa

A comparação de custos revelou que os LLMs oferecem uma vantagem significativa em termos de economia. Por exemplo, a utilização de LLMs para tarefas de revisão de contratos pode resultar em custos operacionais consideravelmente mais baixos quando comparada ao trabalho realizado por advogados. Esta análise de custos, detalhada na pesquisa, destaca a eficiência econômica dos LLMs, sugerindo que a adoção de tais tecnologias pode ser uma estratégia viável para escritórios de advocacia e departamentos jurídicos visando otimizar suas operações e reduzir despesas: 

Comparação de tempo

A análise detalhada dos custos associados à determinação e localização de questões jurídicas em contratos oferece uma perspectiva reveladora sobre as implicações econômicas da integração de Modelos de Linguagem Grande (LLMs) na prática jurídica. Ao calcular o custo por contrato para profissionais humanos, baseado em seu tempo médio de dedicação e suas taxas horárias, em contraste com os LLMs, cujo custo foi derivado do número médio de tokens processados e o custo associado por token (com exceção do Palm2 text-bison, cujo custo foi calculado pelo número de caracteres utilizados), torna-se evidente a superioridade econômica dos LLMs.

Esta comparação, ilustrada na tabela de custos, evidencia uma disparidade significativa na eficiência de custos entre profissionais humanos e LLMs. Os LLMs demonstram oferecer um custo por documento marcadamente inferior, ressaltando o potencial de economia substancial para escritórios de advocacia e departamentos jurídicos. Tal eficiência de custo não só implica uma redução direta nas despesas operacionais mas também sugere uma reestruturação potencial do modelo econômico tradicional no setor jurídico, onde a adoção de tecnologias de IA pode levar a uma maior acessibilidade e democratização dos serviços jurídicos.

Comparação de custos

 

Afinal, qual a respostas para as seguintes questões:

 

  • LLMs superam Advogados na análise de contratos? 

Os resultados da pesquisa destacam o potencial transformador dos Modelos de Linguagem Grande (LLMs) para a prática jurídica no Brasil, especialmente em comparação com o desempenho de Advogados Juniores e Advogados Terceirizados. De forma significativa, os LLMs apresentaram eficácia comparável ou superior na identificação de questões legais, com o GPT4-1106 alcançando um F-score impressionante de 0,87, o que demonstra sua alta precisão e confiabilidade.

No entanto, a pesquisa também revela uma limitação dos LLMs na localização precisa de questões dentro dos contratos, principalmente quando um padrão específico não está presente. Essa variação no desempenho destaca a importância de escolher o modelo de IA mais adequado para cada tarefa jurídica específica. Apesar dessa limitação, o avanço contínuo dos LLMs e a integração de múltiplas ferramentas de LegalTech sugerem uma convergência em direção a uma eficácia equiparável entre LLMs e Advogados na revisão de contratos. O GPT4-32k, por exemplo, mostrou ser o LLM mais eficaz na localização de questões, com um F-score de 0,74, apenas ligeiramente abaixo dos Advogados, que lideraram com um F-score de 0,77.

Para sócios e advogados no Brasil, esses resultados indicam uma oportunidade sem precedentes de otimizar a revisão de contratos e outras tarefas jurídicas de alto volume, reduzindo custos e melhorando a eficiência. A capacidade dos LLMs de operar com uma precisão comparável à dos profissionais humanos, combinada com sua superior eficiência de custo e tempo, posiciona essas tecnologias como recursos valiosos para escritórios de advocacia que buscam inovação e competitividade.

A integração estratégica de LLMs na prática jurídica pode não apenas aprimorar a precisão e eficiência da análise de contratos, mas também liberar advogados para se concentrarem em tarefas de maior valor, promovendo uma prática jurídica mais dinâmica e inovadora no Brasil.

 

  • LLMs podem revisar contratos mais rapidamente do que Advogados?

Os resultados destacam um avanço significativo nos Modelos de Linguagem Grande (LLMs) em tarefas jurídicas, como a revisão de contratos, apresentando impactos notáveis para sócios e advogados no Brasil. A capacidade dos LLMs de executar revisões de contrato com eficiência e precisão sugere uma transformação na prática jurídica, oferecendo aos profissionais uma ferramenta poderosa para otimizar processos e reduzir a carga de trabalho manual.

A eficiência superior dos LLMs, especialmente evidente na velocidade de revisão de contratos, propõe uma mudança de paradigma. Por exemplo, o Palm2 text-bison, o LLM mais rápido, demonstrou a capacidade de completar tarefas de revisão de contrato em uma média impressionantemente baixa de 0,728 minutos, superando os revisores humanos em até 276 vezes. Esta disparidade não apenas sublinha a capacidade de processamento avançada dos LLMs mas também indica o potencial de revolucionar os métodos tradicionais de revisão de contratos. Com os LLMs, o volume de contratos analisados pode ser exponencialmente maior, dada a capacidade de processar múltiplas solicitações simultaneamente.

Além disso, o investimento inicial de tempo para configurar, testar e ajustar os LLMs, encontrado ser em média de 16 horas, é comparável ao tempo gasto para treinar advogados juniores para tarefas semelhantes. Isso desafia a preocupação com os requisitos de configuração dos LLMs e reforça a eficiência de tempo como um benefício significativo, uma vez que estão operacionais.

Esses resultados são cruciais para sócios e advogados no Brasil, sugerindo que a integração de LLMs na prática jurídica pode trazer benefícios significativos em termos de eficiência, custo e capacidade de escala.

À medida que o setor jurídico se move em direção à inovação e adoção de tecnologias avançadas, os LLMs emergem como ferramentas indispensáveis, prometendo transformar a prestação de serviços jurídicos e posicionar escritórios de advocacia para um futuro mais ágil e eficiente.

 

  • LLMs podem revisar contratos mais baratos do que Advogados?

A análise econômica detalhada na Tabela 5 destaca uma diferença econômica notável entre a revisão de contratos realizada por Modelos de Linguagem Grande (LLMs) e revisores humanos tradicionais no Brasil. Os LLMs demonstram uma redução de custos impressionante, executando revisões de contrato por uma fração do custo associado aos revisores humanos.

Enquanto um advogado Júnior pode ter um custo médio de 74 dólares por revisão de contrato, o LLM mais eficiente realiza a mesma tarefa por cerca de 2 centavos, representando uma economia de custos superior a 99,97% em comparação com advogados Juniores e 99,94% em relação aos advogados.

Este contraste não apenas sublinha a superioridade dos LLMs em termos de eficiência de custos, mas também aponta para o potencial de transformação na prestação de serviços jurídicos no Brasil. A implementação de LLMs em departamentos jurídicos e escritórios de advocacia promete aumentar significativamente a capacidade de processamento de revisões de contrato sem um aumento correspondente nos custos operacionais. Esta escalabilidade abre caminho para uma democratização dos serviços jurídicos, tornando-os mais acessíveis a um público mais amplo e potencialmente revolucionando o setor.

Entretanto, é crucial equilibrar este otimismo com uma avaliação rigorosa da qualidade das revisões realizadas pelos LLMs e a importância de uma supervisão humana contínua. A garantia da precisão e confiabilidade dos resultados dos LLMs é essencial para assegurar que a economia de custos não comprometa a integridade dos serviços jurídicos prestados. Para sócios e advogados no Brasil, os LLMs representam uma oportunidade sem precedentes para inovar e otimizar operações, mas também exigem um compromisso com a manutenção da excelência jurídica na era da tecnologia avançada.

 

  • LLMs superam Advogados no raciocínio jurídico? 

A questão de se os Modelos de Linguagem Grande (LLMs) superam os advogados em raciocínio jurídico é complexa e multifacetada, conforme evidenciado pela pesquisa e análise comparativa entre LLMs, como o ChatGPT, e profissionais jurídicos humanos, particularmente em tarefas como a revisão de contratos.

Embora a pesquisa indique que os LLMs apresentam eficiência e precisão comparáveis, e em alguns casos superiores, aos Advogados Juniores e aos Advogados terceirizados em tarefas específicas, ela também destaca limitações importantes. As áreas em que os LLMs demonstram potencial disruptivo incluem a rapidez e economia na realização de tarefas rotineiras, sugerindo que eles podem desempenhar um papel complementar significativo na prática jurídica.

No entanto, a capacidade dos LLMs de realizar raciocínio jurídico complexo, particularmente em cenários que exigem interpretação e aplicação fundamentada na lei e suas nuances, permanece uma área de desenvolvimento contínuo. A pesquisa aponta para a necessidade de melhorias na confiabilidade e profundidade das informações legais fornecidas pelos LLMs, especialmente considerando as consequências potenciais de informações jurídicas incorretas.

Além disso, a pesquisa sugere uma abordagem cautelosa às implicações da IA generativa na epistemologia jurídica, reconhecendo os desafios éticos e cognitivos que a IA apresenta ao paradigma tradicional da pesquisa jurídica. Isso inclui questões de confiabilidade, consistência e o risco de “alucinação de informação” por parte dos LLMs como criar jurisprudências falsas.

Portanto, embora os LLMs demonstrem capacidades promissoras que podem complementar e melhorar a eficiência das tarefas jurídicas rotineiras, eles ainda não superam os advogados em raciocínio jurídico complexo. O raciocínio jurídico envolve mais do que a aplicação mecânica de regras a fatos; requer julgamento, interpretação e a habilidade de navegar estrategicamente sobre as nuances e complexidades legais que, até o momento, permanecem melhor gerenciadas por profissionais humanos. A integração de LLMs na prática jurídica, portanto, deve ser feita com uma compreensão clara de suas forças e limitações, e com ênfase na supervisão humana e no controle de qualidade para assegurar a precisão e a confiabilidade das soluções jurídicas fornecidas.

 

Nesse cenário, o EasyJur emerge como uma ferramenta inovadora, projetada para harmonizar a precisão da IA com a expertise humana. Ao incorporar um sistema de IA conversacional que se integra diretamente com a base de dados dos clientes e a carteira de processos dos escritórios, o EasyJur propõe uma nova maneira de gerir a prática jurídica. Esta integração permite a criação de um assistente virtual capaz de realizar tarefas como a preparação de resumos de casos, realização de pesquisas jurídicas e elaboração de relatórios personalizados sobre a rentabilidade de clientes, economizando até 40% do tempo anteriormente dedicado por advogados seniores a essas atividades.

A capacidade de análise aprofundada e geração de insights estratégicos oferecida pelo EasyJur equipa os sócios e donos de escritórios com informações valiosas para a tomada de decisão. Isso não apenas otimiza a alocação de recursos e a gestão de processos internos, mas também abre novas avenidas para o crescimento estratégico e a inovação nos serviços jurídicos.

A integração efetiva da IA na prática jurídica, exemplificada pela adoção do EasyJur, representa um divisor de águas para os sócios e donos de escritórios de advocacia. A tecnologia, quando usada como complemento à expertise humana, não só melhora a eficiência operacional e a qualidade dos serviços jurídicos, mas também posiciona os escritórios na vanguarda da inovação. À medida que a indústria jurídica avança para um futuro cada vez mais digital, a capacidade de adaptar-se e adotar novas tecnologias não será apenas benéfica, mas essencial para o sucesso e a sustentabilidade a longo prazo.

 

EasyJur: A Ponte entre a IA e a Advocacia no Brasil

A pesquisa “GPTs vs Advogados” revelou insights valiosos sobre a capacidade dos modelos de linguagem de executar tarefas jurídicas. Enquanto em tarefas de baixa complexidade os modelos de IA mostraram eficácia comparável ou até superior aos advogados, foi nas atividades que requerem raciocínio jurídico avançado e complexo que a indispensabilidade do profissional humano se destacou. Ainda assim, a velocidade e eficiência dos modelos de IA em produzir resultados preliminares apontam para um potencial significativo na otimização de fluxos de trabalho jurídicos.

Integrando as conclusões do estudo, o EasyJur representa uma solução poderosa para escritórios de advocacia no Brasil. A plataforma utiliza IA para automatizar tarefas repetitivas, gerenciar documentos, e até auxiliar na análise preliminar de casos, liberando os advogados para se concentrarem em aspectos mais complexos e intelectualmente desafiadores de seu trabalho.

Benefícios da IA para Advogados Brasileiros

  • Eficiência Aprimorada: com a automação de tarefas rotineiras, os advogados podem dedicar mais tempo à análise jurídica profunda, ao atendimento ao cliente e ao desenvolvimento de estratégias processuais, aumentando a eficiência geral do escritório;
  • Redução de Custos: a eficiência operacional trazida pela IA pode significar uma redução significativa nos custos, tornando os serviços jurídicos mais acessíveis e permitindo que os escritórios operem de maneira mais econômica;
  • Precisão Aumentada: a IA pode ajudar a minimizar erros humanos em tarefas como revisão de documentos e pesquisa de precedentes, aumentando a precisão e velocidade do trabalho jurídico.
  • Inovação no Atendimento ao Cliente: com a IA, os advogados podem oferecer serviços mais rápidos e personalizados, melhorando a satisfação do cliente e fortalecendo a relação advogado-cliente.

 

Assistente jurídico easyjur

 

Ao criar um assistente pessoal potencializado por IA, o EasyJur permite uma economia de até 40% do tempo dos advogados seniores, antes dedicado a tarefas manuais e repetitivas, como resumos de casos e pesquisas de informações. Este avanço liberta os profissionais para se concentrarem em trabalho de maior valor.

A integração da IA na prática jurídica, exemplificada pelo EasyJur, representa um marco no caminho para uma advocacia mais eficiente, precisa e inovadora. Para sócios e donos de escritórios de advocacia, investir em tecnologia como o EasyJur não é apenas uma questão de manter-se competitivo, mas também de redefinir o padrão de excelência na prestação de serviços jurídicos. À medida que avançamos para o futuro, a tecnologia do EasyJur se destaca como uma aliada indispensável para os advogados brasileiros na busca por sucesso, crescimento na carreira e melhores resultados para seus escritórios.

 

Primeiro ato, implementando a IA na Prática Jurídica

A integração da Inteligência Artificial (IA) na advocacia, especialmente por meio de plataformas como o EasyJur, marca o início de uma era de transformação para sócios e proprietários de escritórios de advocacia. Esta tecnologia não apenas redefine a eficiência operacional mas também promete remodelar a natureza da prática jurídica, elevando os padrões de serviço e permitindo uma abordagem mais estratégica para a gestão de clientes e casos. Neste contexto, uma abordagem integrada que combina a tecnologia de IA com a expertise humana é essencial para maximizar os benefícios e fomentar um ambiente jurídico inovador e competitivo.

Abordagem Integrada da Tecnologia e Expertise Humana

As implicações da pesquisa para o setor jurídico no Brasil são profundas, destacando um momento de transformação significativa impulsionado pela adoção dos Modelos de Linguagem Grande. Os LLMs demonstraram não apenas igualar, mas em muitos casos, superar os Advogados em precisão, velocidade e eficiência econômica em tarefas tradicionalmente realizadas por estes profissionais. Isso sinaliza um ponto de virada onde os LLMs podem interromper significativamente o modelo de negócios dos Advogados, sugerindo uma transição desses operadores para papéis focados na gestão e operação da tecnologia LLM, com ênfase no controle de qualidade e na aplicação dos insights gerados.

Para os Advogados Juniores no Brasil, a pesquisa antecipa uma mudança na natureza do trabalho inicial de suas carreiras. À medida que as tarefas rotineiras são automatizadas pelos LLMs, esses profissionais são empurrados para trabalhos mais complexos e de maior valor mais cedo em suas trajetórias profissionais. Esse deslocamento pode reduzir a demanda por posições jurídicas de nível básico como atualmente definidas, desafiando os advogados a se adaptarem a um novo paradigma onde a tecnologia assume uma parte significativa do trabalho tradicional.

 

Para departamentos jurídicos e escritórios de advocacia, a adoção de LLMs promete ganhos notáveis em eficiência e uma redução substancial de custos.

Aqueles que forem pioneiros na integração dessas tecnologias estão posicionados para obter uma vantagem competitiva decisiva, potencialmente desencadeando uma corrida armamentista tecnológica no setor. No entanto, apesar do potencial disruptivo, a resistência à adoção dos LLMs pode se manifestar, muitas vezes refletindo mais a defesa de interesses estabelecidos do que preocupações genuínas com as limitações práticas ou éticas da IA na prática jurídica. Tal resistência pode ser percebida como uma tentativa de preservar o status quo, contradizendo o objetivo mais amplo da indústria de aumentar o acesso à justiça e potencialmente afetando a confiança no setor jurídico brasileiro.

Em resumo, a pesquisa aponta para uma era de inovação e adaptação no setor jurídico brasileiro, onde a implementação de LLMs pode remodelar profundamente a prática jurídica, oferecendo oportunidades para melhorar a prestação de serviços enquanto também desafia as convenções tradicionais e modelos de negócios.

Para colher os benefícios plenos da IA, é crucial que os advogados e os escritórios de advocacia adotem uma estratégia que englobe tanto a tecnologia quanto a expertise humana. Isso significa investir em treinamento e desenvolvimento para garantir que os profissionais estejam aptos a utilizar plenamente ferramentas de IA, como o EasyJur. O treinamento focado não apenas facilita a adoção de novas tecnologias, mas também garante que os advogados possam integrar essas ferramentas em seus processos de trabalho diários de maneira eficaz.

A colaboração efetiva entre humanos e máquinas pode transformar radicalmente a prática jurídica, permitindo que os advogados se concentrem em tarefas de alto valor que requerem raciocínio complexo, empatia e julgamento moral – aspectos que, até o momento, permanecem exclusivamente humanos.

 

Além disso, ao liberar os advogados das amarras das tarefas administrativas, o EasyJur os capacita a dedicar mais tempo ao aconselhamento jurídico, à inovação nos serviços prestados e ao desenvolvimento de relacionamentos mais profundos e significativos com os clientes. Esta abordagem não apenas melhora a satisfação do cliente mas também contribui para a construção de uma reputação sólida no mercado jurídico.

Com mais de 1.400.000 advogados no Brasil, se preparar para o futuro é crucial

Para os sócios e proprietários de escritórios de advocacia, o futuro exige uma mentalidade aberta e um compromisso contínuo com a inovação. A integração da IA, por meio de plataformas como o EasyJur, oferece uma oportunidade única de liderar a transformação no setor jurídico, promovendo práticas mais eficientes, estratégicas e centradas no cliente.

Investir em tecnologia de IA e na capacitação dos profissionais não é apenas uma estratégia para melhorar a eficiência operacional; é um investimento no futuro do escritório de advocacia, garantindo sua relevância e competitividade em um mercado cada vez mais dinâmico e digitalizado. Ao abraçar essa abordagem integrada, os escritórios de advocacia podem se posicionar na vanguarda da inovação jurídica, oferecendo serviços de alta qualidade que atendam às demandas complexas da sociedade moderna.

A transformação digital no direito é inevitável e traz consigo um mar de oportunidades para os advogados brasileiros. A integração da inteligência artificial, exemplificada pelo EasyJur, na prática jurídica não apenas promete melhorar a eficiência e precisão, mas também oferece uma rota para a inovação e o crescimento profissional. À medida que nos movemos para uma era de advocacia assistida por IA, é crucial que os profissionais jurídicos se adaptem, explorem e abracem as novas tecnologias para se manterem competitivos e atender melhor aos seus clientes.

Não deixe o futuro esperar. Transforme sua prática jurídica com o EasyJur e abrace as possibilidades ilimitadas que a tecnologia traz para a advocacia.

Está pronto para fazer parte dessa revolução? Entre em contato com a EasyJur hoje mesmo e descubra como podemos ajudá-lo a redefinir o sucesso no universo jurídico.

Visite nosso site www.easyjur.com e www.vinimarquesoficial.com.br

 

REFERÊNCIAS

  1. Amazon. Amazon titan: A large language model. https://aws.amazon.com/bedrock/titan, 2023. Accessed: 2023-12-19.
  2. R. Anil, A. M. Dai, O. Firat, M. Johnson, D. Lepikhin, A. Passos, S. Shakeri, E. Taropa, P. Bailey, Z. Chen, et al. Palm 2 technical report. arXiv preprint arXiv:2305.10403, 2023.
  3. P. D. Callister. Generative ai and finding the law. Available at SSRN 4608268, 2023.
  4. J. H. Choi, K. E. Hickman, A. Monahan, and D. Schwarcz. Chatgpt goes to law school. Available at SSRN, 2023.
  5. L. J. Cronbach. Coefficient alpha and the internal structure of tests. psychometrika, 16(3):297–334, 1951.
  6. N. Guha, J. Nyarko, D. E. Ho, C. Ré, A. Chilton, A. Narayana, A. Chohlas-Wood, A. Peters, B. Waldon, D. N. Rockmore, D. Zambrano, D. Talisman,

E. Hoque, F. Surani, F. Fagan, G. Sarfaty, G. M. Dickinson, H. Porat, J. Hegland, J. Wu, J. Nudell, J. Niklaus, J. Nay, J. H. Choi, K. Tobia, M. Hagan,

M. Ma, M. Livermore, N. Rasumov-Rahe, N. Holzenberger, N. Kolt, P. Henderson, S. Rehaag, S. Goel, S. Gao, S. Williams, S. Gandhi, T. Zur, V. Iyer, and Z. Li. Legalbench: A collaboratively built benchmark for measuring legal reasoning in large language models, 2023.

  1. A. of Corporate Counsel. 2023 law department compensation survey. https://www.acc.com/sites/default/files/2023-09/ACC_2023_Law_Dept_ Compensation_Survey_Exec_Summary.pdf, 2023. Accessed: 2023-12-01.
  2. OpenAI. Gpt-4 technical report. arxiv 2303.08774. Open AI, 2:13, 2023.
  3. J. Tan, H. Westermann, and K. Benyekhlef. Chatgpt as an artificial lawyer? Artificial Intelligence for Access to Justice (AI4AJ 2023), 2023.
  4. A. Team. Claude: A large language model. https://www.anthropic.com/claude, 2023. Accessed: 2023-12-19.
  5. H. Touvron, L. Martin, K. Stone, P. Albert, A. Almahairi, Y. Babaei, N. Bashlykov, S. Batra, P. Bhargava, S. Bhosale, et al. Llama 2: Open foundation and fine-tuned chat models. arXiv preprint arXiv:2307.09288, 2023.

Conteúdos

relacionados

Vinicius Marques

Vinicius Marques

06/03/2024

Nosso Compromisso

com o seu sucesso

Pessoas

Conectamos advogados, simplificamos processos e impulsionamos a transformação digital

Processos

Com metodologia ágil, simplificamos a gestão e fortalecemos a justiça, gerando resultados exponenciais

Tecnologia

Automatizamos tarefas, impulsionamos a eficiência e oferecemos soluções inovadoras

pri vini easyjur

Planos Easyjur

O plano perfeito para você!

Solução completa para tornar sua Advocacia mais ágil e lucrativa

Growth Plus

Ideal para grandes escritórios

R$

2499

/mês
checkmark m
200GB Docs em Nuvem
checkmark m
2.500 Pushs de Andamentos
checkmark m
05 Advogados Intimações
checkmark m
20 Usuários Inclusos
checkmark m
TUDO DO GROWTH
checkmark m
Editor Legal Design
checkmark m
Website Integrado Legal CRM
checkmark m
Relatórios Avançados
checkmark m
Acesso para clientes ilimitado
checkmark m
Jurisprudências Integradas
checkmark m
Smart Docs (breve)*
checkmark m
Assinatura Digital (breve)*
checkmark m
Peticionamento (breve)*

Growth

Ideal para grandes escritórios

R$

1499

/mês
checkmark m
80GB Docs em Nuvem
checkmark m
800 Pushs de Andamentos
checkmark m
03 Advogados Intimações
checkmark m
10 Usuários Inclusos
checkmark m
TUDO DO ENTERPRISE +
checkmark m
IVO – Inteligência Artificial
checkmark m
Legal Analytics Tool
checkmark m
Cálculos Monetários
checkmark m
Regras Cobrança Personalizadas
checkmark m
Automação Faturamento
checkmark m
Campos Personalizados
checkmark m
Acesso para 300 clientes
checkmark m
Jurisprudências Integradas

Enterprise

Ideal para escritórios de médio porte

R$

589

/mês
checkmark m
40GB Docs em Nuvem
checkmark m
300 Push de Andamentos
checkmark m
02 Advogados Intimações
checkmark m
05 Usuários Inclusos
checkmark m
TUDO DO PREMIUM +
checkmark m
Workflow de Tarefas Ágil
checkmark m
Gamificação de Atividades
checkmark m
TimeSheet Dinâmico
checkmark m
Controle Orçamentário
checkmark m
Gestão Estratégica
checkmark m
** Emissão de Boletos e NFs
checkmark m
Área de acesso para 200 Clientes
checkmark m
Jurisprudências Integradas

Premium

Ideal para escritórios de pequeno porte

R$

279

/mês
checkmark m
30GB Docs em Nuvem
checkmark m
200 Push de Andamentos
checkmark m
01 Advogado Intimações
checkmark m
02 Usuários Inclusos
checkmark m
** Telefonia Voip EasyCall
checkmark m
Gestão de Processos Ilimitados
checkmark m
Gestão Financeira
checkmark m
Automação de Documentos
checkmark m
Agenda de Prazos
checkmark m
Demandas Consultivas
checkmark m
Legal CRM
checkmark m
Contratos e Relatórios
checkmark m
Área de Acesso para 100 Clientes
checkmark m
Jurisprudências Integradas

Start

Ideal para advogados solo

R$

79

/mês
checkmark m
5GB Docs em Nuvem
checkmark m
50 Push de Andamentos
checkmark m
01 Advogado Intimações
checkmark m
01 Usuário Incluso
checkmark m
Cadastro de Clientes
checkmark m
Gestão de Processos
checkmark m
Agenda de Prazos
checkmark m
Cadastro de até 200 Processos
O Fim do Advogado no Brasil
imagem para artigo (4)

06/03/2024

Sumário

Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais
teste de 14 dias
Automatize suas demandas jurídicas para seu escritório lucrar 10x mais
teste de 14 dias
Você também pode gostar
plugins premium WordPress
Categorias
Materiais Gratuitos