Easyjur Software Jurídico

Blog

[MODELO] Denúncia por roubo qualificado com emprego de armas de fogo e formação de quadrilha

Roubo

EXMO. SR. DR. JUIZ DE DIREITO DA VARA CRIMINAL

DA COMARCA DE (cidade)

INQUÉRITO POLICIAL N.____

Consta do incluso inquérito policial que, no dia ____/___/___, por volta de __ horas, no interior da pizzaria B.I., localizada na Avenida _____ n. ___, no Bairro do ___, nesta Cidade e Comarca, X, Y, Z e A, todos qualificados nos autos, agindo em concurso e com unidade de desígnios, subtraíram para si mesmos, mediante o emprego de grave ameaça exercida com um revólver da marca Taurus, calibre nominal "38", número 1780658, e outro revólver da mesma marca e calibre, com numeração raspada, ambos apreendidos nestes autos, a quantia de R$ 68,35 (sessenta e oito reais e trinta e cinco centavos) em dinheiro, de propriedade daquele estabelecimento comercial.

Segundo foi apurado, no dia dos fatos os denunciados penetraram no mencionado estabelecimento comercial com o intuito de, em concurso, realizar um roubo. Os indiciados X e Y, com as armas de fogo em punho, intimidavam o gerente da pizzaria, M, a proprietária, N, e demais pessoas presentes no local, enquanto Z retirava o dinheiro do caixa.

Efetivada a subtração, os autores evadiram-se.

Consumada a subtração, os três executores ingressaram em um veículo da marca Ford, modelo Corcel II, ano 100081, cor cinza, placas MY-000270, dentro do qual se encontrava o co-indiciado A, que participou ativamente do crime, transportando os autores até o local, aguardando-os e dando-lhes fuga no mencionado automóvel. Dessa forma, auxilou-os, bem como lhes forneceu apoio psicológico e o estímulo necessários para a consecução da ousada empreitada.

Mais adiante, todos os denunciados foram surpreendidos e presos em flagrante por policiais militares.

Os indiciados não tinham licença da autoridade competente para as armas de fogo que portavam, e que eram momentaneamente trazidas com X e Y no momento da prisão.

A conduzia o veículo sem possuir habilitação legal, gerando, com essa conduta, perigo de dano para a coletividade. Os demais indiciados, estimulando-o a dirigir o veículo no transporte de ida e na fuga, participaram desse delito.

A reunião dos quatro agentes não foi ocasional, sendo estável e destinada à prática de outros crimes de idêntica ou maior gravidade, pois todos já se conheciam.

O bando era armado.

Isto posto, Denuncio X, Y, Z e A como incursos no art. 157, § 2º, I e II, do Código Penal, por duas vezes, c/c os arts. 2000, caput, e 6000, também do Estatuto Repressivo; art. 288, parágrafo único, c/c o art. 2000, caput, do Código Penal, parte final; art. 10, caput, por duas vezes, da Lei n. 000.437/0007, c/c os arts. 2000, caput, e 6000 do Código Penal; e art. 30000 da Lei n. 000.503/0007, c/c o art. 2000, caput, do Código Penal, a fim de que, recebida e autuada esta, sejam todos citados, processados e condenados, ouvindo-se as testemunhas e vítimas abaixo arroladas.

Rol de testemunhas:

1.________________fls.;

2.________________fls.

Local e data.

Promotor de Justiça

Faça o Download Gratuito deste modelo de Petição

Compartilhe

Ação não permitida

Categorias
Materiais Gratuitos