logo comece 2024 easy

Conheça a inteligência artificial que lê publicações

Inteligência Artificial de verdade, que lê publicações, fornece resumo, recomenda ações e sugere o prazo aplicável.

Blog

[MODELO] Ação Revisional de Benefício Previdenciário – Correção de cálculo de juros e revisão de valores

EX­MO. (A) SR. (A) DR. (A) ­JUIZ (A) FE­DE­RAL DA

_____________________________________

…., (qua­li­fi­ca­ção), in­ter­di­ta, fi­lha de …. e …., con­for­me as­sen­to de nas­ci­men­to nº …. la­vra­do às fl. …. do Livro …. e …. do Registro Civil e Tabelião da …. Circunscrição da …. Zona, …. do Estado …., nes­te ato re­pre­sen­ta­da por sua …., (qua­li­fi­ca­ção), am­bas re­si­den­tes e do­mi­ci­lia­das na Rua …. nº…., por seu ad­vo­ga­do que es­ta subs­cre­ve, man­da­to in­clu­so e en­de­re­ço pro­fis­sio­nal na Rua …. nº…. – CEP …. – Fone: (….) …., on­de re­ce­be in­ti­ma­ções, vem res­pei­to­sa­men­te pe­ran­te V. Exa., pa­ra pro­por,

Petição Inicial – Ação Revisional de Benefícios

– re­vi­são de cál­cu­lo ju­ros le­gais

con­tra o Instituto Nacional do Seguro Social – ­INSS, Autarquia fe­de­ral, in­te­gran­te do Ministério da Previdência Social, com agên­cia nes­ta ci­da­de na Rua …. nº …., nes­ta ci­da­de, pa­ra o que e des­de lo­go ali­nha ­suas se­guin­tes re­le­van­tes ra­zões de fa­to e di­rei­to.

Dos Fatos

A au­to­ra é fi­lha de …., que fa­le­ceu em …. de …. de …., quan­do era apo­sen­ta­do co­mo ad­vo­ga­do au­tô­no­mo, re­ce­ben­do ­seus pro­ven­tos des­se Instituto, co­mo faz pro­va a do­cu­men­ta­ção que acom­pa­nha a pre­sen­te, ten­do-a co­mo be­ne­fi­ciá­ria.

Para pro­var a con­di­ção de pen­sio­nis­ta de seu ge­ni­tor jun­tou do­cu­men­ta­ção ne­ces­sá­ria, sen­do-lhe con­ce­di­do o be­ne­fí­cio.

Entretanto, de­fe­ri­da a con­ces­são a par­tir de …. de …. de …., a re­que­ri­da ou­tor­gou-lhe a res­pec­ti­va pen­são, cu­jo be­ne­fí­cio, da ca­te­go­ria …., le­va o nº …., foi na­que­la opor­tu­ni­da­de de Cr$ …. ou sejam, cin­qüen­ta por cen­to do va­lor en­ten­di­do com in­te­gral, já que di­vi­de es­te be­ne­fí­cio com a pes­soa de …., com ­quem era ca­sa­da seu ge­ni­tor.

Porém, na opor­tu­ni­da­de em que lhe foi con­ce­di­da a pen­são, de­ve­ria a re­que­ren­te re­ce­ber Cr$ …., ­pois o va­lor da pen­são in­te­gral era na­que­la opor­tu­ni­da­de de Cr$ …., co­mo de­mons­tra­do es­tá na pla­ni­lha ane­xa, pela qual se tem a evo­lu­ção do va­lor do be­ne­fí­cio.

Assim, pri­mei­ra­men­te se ve­ri­fi­ca que exis­tem atra­sa­dos a se­rem res­ga­ta­dos, ­pois a mor­te do ins­ti­tui­dor da pen­são ocor­reu no mês de agosto de 10000000, po­rém, so­men­te lhe foi con­ce­di­da a pen­são em junho de 10000003, com o agra­van­te de que des­de en­tão vem lhe sen­do pa­ga a pen­são in­cor­re­ta­men­te, mui­to ­aquém do va­lor que tem di­rei­to, res­tan­do-lhe um cré­di­to que ho­je ul­tra­pas­sa o va­lor de Cr$ …., co­mo se tem dos de­mons­tra­ti­vos que acom­pa­nham a pre­sen­te.

Em se­gun­do lu­gar, a au­to­ra vem re­ce­ben­do de pen­são os va­lo­res dis­cri­mi­na­dos na in­clu­sa pla­ni­lha, o que lhe vem tra­zen­do gran­de pre­juí­zo, sen­do que só pa­ra se ter uma re­fe­rên­cia, de­ve­ria ter re­ce­bi­do de pen­são da re­que­ri­da no mês de …. o va­lor de R$ …., quan­do lhe foi pa­go ape­nas R$ ….

Aliás, a re­que­ri­da ex­pe­di­ção da do­cu­men­ta­ção em …. de …. de …., re­la­ti­va à evo­lu­ção da pen­são da au­to­ra, por on­de se tem to­do o his­tó­ri­co de ­seus di­rei­tos e do que lhe foi pa­go, sen­do de pa­re­cer de sua pró­pria che­fia, de­ter­mi­nar cor­re­ção do va­lor do be­ne­fí­cio, pro­ce­der os acer­tos de va­lo­res, bem co­mo o res­pec­ti­vo pa­ga­men­to, o que não se con­cre­ti­zou até es­ta da­ta, res­tan­do a au­to­ra, co­mo úni­ca al­ter­na­ti­va pa­ra re­vi­são e per­cep­ção de ­seus di­rei­tos, re­cor­rer ao ju­di­ciá­rio.

Em re­su­mo a re­que­ren­te te­ve du­plo pre­juí­zo:

1) pe­la con­ces­são da pen­são em atra­so que o ocor­reu em junho de 10000002, quan­do de­ve­ria ter si­do des­de agosto de 10000000, por­tan­to, tem di­rei­to às pen­sões des­de o óbi­to do ins­ti­tui­dor, até a da­ta em que se con­ce­deu o be­ne­fí­cio, acres­ci­das de cor­re­ção mo­ne­tá­ria e ju­ros le­gais;

2) o va­lor, que vem lhe sen­do pa­go, não cor­res­pon­de ao que lhe é de di­rei­to, já que à pes­soa de …., atra­vés do be­ne­fí­cio nº …., com quem di­vi­de a pen­são, foi con­ce­di­do em …. com o va­lor de ren­da men­sal de Cr$ …., is­to é, 20 (vin­te) sa­lá­rios mí­ni­mos, cri­té­rio que não foi obe­de­ci­do em re­la­ção à re­que­ren­te, oca­sio­na­ndo di­fe­ren­ças sig­ni­fi­ca­ti­vas, as ­quais tam­bém de­ve­rão ser cor­ri­gi­dos mo­ne­ta­ria­men­te, acres­ci­das de ju­ros le­gais.

Aliás, quan­to à cor­re­ção mo­ne­tá­ria so­bre be­ne­fí­cios pre­vi­den­ciá­rios em atra­so, o ex-TRF, pa­ra por fim a qual­quer dú­vi­da, edi­tou a Súmula 71, ain­da em vi­gor:

Súmula 71 – Correção Monetária – Benefícios Previdenciários em Atraso. A cor­re­ção mo­ne­tá­ria in­ci­de so­bre as pres­ta­ções de be­ne­fí­cios pre­vi­den­ciá­rios em atra­so, ob­ser­van­do o cri­té­rio do sa­lá­rio mí­ni­mo vi­gen­te na épo­ca da li­qui­da­ção da obri­ga­ção.

A ré co­bra de ­seus de­ve­do­res cré­di­tos com ju­ros, cor­re­ção mo­ne­tá­ria e mul­ta, in­ci­den­tes des­de a da­ta do de­vi­do pa­ga­men­to. Da mes­ma for­ma, a ora re­que­ren­te cre­do­ra, de­ve re­ce­ber ­seus cré­di­tos de­vi­da­men­te cor­ri­gi­dos des­de a da­ta do even­to, fa­zen­do efi­caz o prin­cí­pio de equi­da­de.

Aliás, apli­can­do-se a cor­re­ção mo­ne­tá­ria so­bre ­seus cré­di­tos, se­rá a úni­ca for­ma de man­ter sem al­te­ra­ção o va­lor in­trín­se­co da ren­da men­sal da pen­são da au­to­ra.

Por fim, a le­gis­la­ção é cla­ra e ob­je­ti­va no sen­ti­do de que a li­qui­da­ção das pres­ta­ções ven­ci­das de­vem ser pa­gas de­vi­da­men­te atua­li­za­das mo­ne­ta­ria­men­te, quan­do a Lei nº 8.213/0001, de 24/7/0001, es­tir­pou qual­quer dú­vi­da so­bre is­to, pre­cei­tua­do:

Art. 41 –

… omis­sis…

Parágrafo 7º O pa­ga­men­to de par­ce­las re­la­ti­vas a be­ne­fí­cios, efe­tua­do com atra­so por res­pon­sa­bi­li­da­de da Previdência Social, se­rá atua­li­za­do de acor­do com a va­ria­ção do Índice de Preços ao Consumidor – ­INPC, ve­ri­fi­ca­do no pe­río­do com­preen­di­do en­tre o mês em que de­ve­ria ser pa­go e o mês do efe­ti­vo pa­ga­men­to.

Assim, de for­ma cla­ra e in­so­fis­má­vel, im­põe-se a cor­re­ção mo­ne­tá­ria so­bre os cré­di­tos da au­to­ra, re­la­ti­vas as di­fe­ren­ças ­aqui apon­ta­das.

O Pedido

Diante do ex­pos­to, é es­ta pa­ra res­pei­to­sa­men­te re­que­rer a pre­sen­te ­ação re­vi­sio­nal de ren­da men­sal de be­ne­fí­cios, cu­mu­la­da com pe­di­do de cor­re­ção mo­ne­tá­ria, es­pe­ran­do se­ja de­ter­mi­nada a ci­ta­ção do re­pre­sen­tan­te le­gal da re­que­ri­da, no en­de­re­ço já de­cli­na­do no iní­cio, a ser efe­tua­da por man­da­do, pe­na de re­ve­lia e con­fis­são quan­to à ma­té­ria de fa­to, es­pe­ran­do se­ja jul­ga­do pro­ce­den­te seu pe­di­do, con­de­nan­do-se a re­que­ri­da:

a) ao re­cál­cu­lo do be­ne­fí­cio da au­to­ra, des­de a da­ta do óbi­to do ins­ti­tui­dor, fa­to ge­ra­dor, apli­can­do-se o cri­té­rio ini­cial de 20 sa­lá­rios mí­ni­mos, co­mo re­fe­ren­cial;

b) ao pa­ga­men­to das pen­sões não pa­gas de …. até …., não hon­ra­das até a pre­sen­te da­ta;

c) ao pa­ga­men­to das di­fe­ren­ças, en­con­tra­das mês a mês, do va­lor en­tre o que foi pa­go e o que cor­re­ta­men­te de­ve­ria ser, a par­tir da da­ta da con­ces­são;

d) apli­ca­ção da cor­re­ção mo­ne­tá­ria so­bre o va­lor que for apu­ra­do a fi­nal, nos ter­mos do dis­po­si­ti­vo le­gal já in­vo­ca­do;

e) apli­ca­ção de ju­ros le­gais;

f) con­de­na­ção da re­que­ri­da nos ho­no­rá­rios ad­vo­ca­tí­cios, es­tes à ba­se de 20% so­bre o va­lor da con­de­na­ção, bem co­mo nas cus­tas pro­ces­suais e de­mais co­mi­na­ções le­gais;

h) apu­ra­ção do quan­tum em re­gu­lar li­qui­da­ção de sen­ten­ça;

i) a con­ces­são dos be­ne­fí­cios de gra­tui­da­de da jus­ti­ça, isen­tan­do a re­que­ren­te, an­te seu es­ta­do de in­va­li­dez e in­ter­di­to;

A pro­va que fa­rá é to­da ad­mi­ti­da em di­rei­to, es­pe­cial­men­te pe­los do­cu­men­tos que ins­truem a pre­sen­te, pe­rí­cias, vis­to­rias, pe­la oi­ti­va de tes­te­mu­nhas, se ne­ces­sá­rias in­qui­ri­das.

Dá-se a pre­sen­te o va­lor de R$…………………………

N. Termos,

P. E. de­fe­ri­men­to.

_____________, _____/________/ 200__

__________________________________

Adv.

Faça o Download Gratuito deste modelo de Petição

Compartilhe

plugins premium WordPress
Categorias
Materiais Gratuitos