logo comece 2024 easy

Conheça a inteligência artificial que lê publicações

Inteligência Artificial de verdade, que lê publicações, fornece resumo, recomenda ações e sugere o prazo aplicável.

Blog

[MODELO] AÇÃO DE SEPARAÇÃO DE CORPOS – Violação dos deveres do matrimônio e agressões físicas

SEPARAÇÃO DE CORPOS

Excelentíssimo Senhor Doutor Juiz de Direito da …..ª

Vara de Família da Comarca de …………….

PÂMELA, brasileira, casada, escritora, portadora do RG

nº ….. e CPF nº …., residente e domiciliada nesta cidade,

na avenida …., nº ….., bairro …., por seu advogado ao

final firmado, vem, com respeito e acatamento de estilo à

presença de Vossa Excelência propor a presente

AÇÃO DE SEPARAÇÃO DE CORPOS

Em face de seu marido GUILHERME, brasileiro, casado,

motorista, portador do RG nº …., e CPF nº …., residente

e domiciliado nesta cidade, na rua …., nº ….., bairro ….,

com fundamento nos artigos 70006 e seguintes do CPC e

art. 7º, § 1º, da Lei 6.515/77, pelos motivos a seguir

expostos:

I – A requerente, dentro do prazo legal, pretende propor

a Ação de Separação Judicial baseada na violação dos

deveres do matrimônio, conforme se demonstra pela

documentação ora anexada.

II – Ocorre que em vista do gênio violento, e das

agressões do requerido, para salvaguardar sua

integridade física, a requerente necessita desta medida

cautelar de separação de corpos, imediatamente.

III – Eis que, conforme comprovam os documentos

anexos, o requerido agrediu fisicamente a requerente no

dia …../…../….., e se não fosse a interferência de uma

vizinha avisando a polícia, as conseqüências poderiam ser

muito mais graves, ora se anexa o Boletim do Ocorrência

feito pelo ….., Delegacia da Mulher.

IV – Em face do exposto, e com a documentação

provando o alegado, requer à V. Exa., seja concedida a

medida de Separação de Corpos liminarmente, inaudita

altera parte, devido à situação de violência e de pavor

em que a requerente se encontra, para tanto sendo

expedido o respectivo alvará, para os fins de Direito.

V – Requer, ainda a autora que V. Exa., se digne a

deferir-lhe a guarda provisória dos filhos e que cite o

requerido para vir contestar o pedido, sob pena de

revelia, e confissão ficta, julgando ao final a ação

procedente.

Protesta provar o alegado por todos os meios de provas

admitidas em Direito, principalmente pela ouvida de

testemunhas, juntada de novos documentos, perícia

médica, e de outras que se fizerem necessárias para

comprovação do alegado.

A requerente declara, desde já, não ter condições

financeiras e econômicas para demandar em juízo,

requerendo, portanto, os benefícios da Justiça Gratuita,

nos termos das Leis 1.060/50 e 7.115/0003, art. 1º, por ser

pobre na concepção da palavra.

Dá à presente o valor de R$ …………… (…..), para efeitos

de custas e alçada.

Nestes termos

Pede deferimento.

Local e data.

(a) Advogado e n° da OAB

Faça o Download Gratuito deste modelo de Petição

Compartilhe

plugins premium WordPress
Categorias
Materiais Gratuitos